Nosso Blog

Publicado por

verticis

Atividades sensoriais: como funcionam?

Neste post vamos explicar um pouco como funcionam as atividades sensoriais. Para entender melhor, o nosso corpo possui órgãos responsáveis pelas sensações como tato, paladar, olfato, audição e visão. São eles que nos ajudam a sentir texturas, sabores, cheiros, sons, estímulos visuais, etc. . E, ao trabalhar com os pequenos as atividades sensoriais, é possível desenvolver a cognição, a linguística e questões sociais e emocionais.

Por que as atividades sensoriais são importantes?

Logo que o bebê nasce, o cérebro começa a criar as sinapses. São conexões entre os neurônios que transmitem e reúnem informações. Por isso, ao estimular os pequenos sensorialmente, os neurônios responsáveis por essas conexões são ativados. Dessa forma, a criança passa a relacionar com mais facilidade uma ideia à outra e quanto mais conexões forem feitas, maior a capacidade de desenvolver pensamentos criativos e transformadores.

Por volta dos cinco anos de idade, é a aquela fase em que a criança absorve tudo com muita facilidade e consegue trabalhar com vários estímulos ao mesmo tempo. É nesse tempo em que o cérebro começa a selecionar as sinapses menos utilizadas e vice-versa,
procurando um repertório mais complexo.

Como fazer as atividades sensoriais?

Areia e cola – Atividades sensoriais

Afinal, é nesse momento que você pode soltar a imaginação e a criatividade! O interessante das atividades sensoriais é que você consegue fazer muito com pouco. É um universo cheio de possibilidades. Aí vão algumas sugestões:

  1. Caixas sensoriais: com areia, arroz ou outros tipos de grãos em que os pequenos
    podem colocar a mão e sentir tudo de uma vez ou sentir cada grãozinho.
  2. Caixas surpresa: aquelas com um buraco que passa apenas a mão, sem
    possibilidade de visualização do material que está lá dentro. Podendo ser macio,
    duro, áspero, molhado…
  3. Recipientes com água: atividades como “afunda ou não afunda”, ou diferentes
    temperaturas.
  4. Massinha de modelar feitas de forma caseira, gelatina, farinha de trigo, amido de
    milho, etc. São ótimos para as crianças enfiarem os dedinhos, amassarem…

Essas foram algumas sugestões que podem ser feitas em casa, além de serem simples,
mas muito enriquecedoras! É hora de colocar a mão na massa…

Se você fizer alguma atividade com seus pequenos, manda pra gente! 😉

Siga-nos no Facebook e Instagram para mais novidades.

Imagem 1 – Bolinhas de hidrogel – atividades sensoriais
Imagem 2 – Areia e cola – Atividades sensoriais
Imagem 3 – Água e peneiras – atividades sensoriais