Nosso Blog

Publicado por

Maria Clara

“Aulas no modo on-line? Não acredito!”

Esta tem sido uma indagação frequente entre os amigos e profissionais da educação que relatam a saudade da escola e a falta que ela faz para os alunos. As escolas de Educação Infantil, cada uma com suas especificidades, têm garantido experiências on-line que potencializam o aprendizado e o vínculo entre as crianças. Mas não podemos negar que a modalidade de ensino remoto/virtual trouxe muitos desafios para todos os envolvidos no processo educacional.

A insegurança em meio ao desconhecido foi constante, mas o empenho prevaleceu. Conseguimos nos reorganizar e nos adaptar frente ao esforço de cada um. Professores, mediante as habilidades de criatividade e capacidade de reinvenção. Famílias, ao acreditarem no poder da interação virtual e apoiarem a dinâmica do encontro. E, por fim, as crianças, protagonistas do processo, que aprenderam a lidar com as tecnologias e ampliaram seus repertórios em relação à comunicação, concentração, manejo do tempo e outras adaptabilidades.

Sim, iniciamos o ano letivo na modalidade remota on-line, tendo em vista as orientações das autoridades públicas de saúde e educação, porque a rotina escolar não pode parar. As crianças precisam continuar o caminho de descobertas promovidos pelas instituições de ensino.

Temos a certeza de que obtivemos resultados favoráveis nas vivências com intencionalidades pedagógicas, graças ao esforço, empenho e dedicação colaborativa. Iniciamos distantes fisicamente, mas não menos próximos, pois a rotina on-line também ameniza a distância. Sendo assim, seguiremos com os nossos olhares para a educação no mundo virtual, continuaremos a criar e a diversificar as propostas diárias, tomando as telas como ferramentas de mediação, recurso de aprendizagem e de conexão, e prevaleceremos com a esperança de estarmos juntos na escola, lugar de direito das crianças, em breve.

Vamos seguir em frente, atentos aos recursos tecnológicos disponíveis para a prática e para a sustentabilidade das relações entre as crianças. A parceria entre a escola e as famílias será garantida por meio da comunicação, enquanto as aulas continuarão sendo conduzidas pelos professores, de maneira que possam despertar a curiosidade das crianças com o foco no aprendizado lúdico.

Acreditamos no retorno presencial e esperamos que  o empenho de todos para o ano letivo seja produtivo, eficiente e potente.

Alessandra Saraiva
Coordenadora Pedagógica