Nosso Blog

A importância das atividades lúdicas no processo de alfabetização

Publicado por

Maria Clara

A importância das atividades lúdicas no processo de ensino-aprendizagem

A vida da criança é uma sucessão de vivências com a família, com os amigos e nos ambientes sociais. Ao chegar à escola, ela traz consigo várias experiências conquistadas por meio do olhar, dos sons, das brincadeiras, das conversas e dos passeios, que influenciarão sua aprendizagem. Para a criança começar o processo de alfabetização é preciso, desde o início da vida escolar, proporcionar-lhe atividades lúdicas que geram o conhecimento da leitura e da escrita. É necessário estimular o interesse investigativo da criança no uso das funções que ela construirá no convívio com os colegas e com os professores.

O lúdico enriquece o vocabulário, amplia o raciocínio lógico e leva a criança a avançar em suas hipóteses. Assim, o processo de alfabetização acontece de forma divertida e dinâmica, influenciando significativamente o aprendizado.

Nesse sentido, faz-se necessária a sensibilização do educador para despertar a conscientização quanto às possibilidades de atividades lúdicas, pois elas irão favorecer o bem-estar e o crescimento das potencialidades corporais, mentais e emocionais dos(as) alunos (as). A aprendizagem requer estímulo, situação integradora, ambiente propício e orientação, mas requer também desejo do(a) aluno(a) em aprender.

Nesse contexto alfabetizador da leitura e da escrita, a criança defronta-se com um mundo cheio de atrações (letras, palavras, frases, textos) e participará do mundo letrado muito mais facilmente se puder vivenciá-lo.  Portanto, percebe-se a necessidade de se relacionar a alfabetização com o lúdico na forma de jogos e de brincadeiras que despertam o interesse e arrebatam a atenção das crianças, tornando esse processo cheio de significado.

O brincar auxilia o educando a organizar suas ações e a realinhar a realidade.

Melissa Dias
Professora Fundamental
Escola Bilboquê