Nosso Blog

uma reflexão sobre gestão

Publicado por

Maria Clara

Uma reflexão sobre gestão

Pessoas, cada uma com seus traços de personalidade, aprendem dia a dia a conviver, a se relacionar e a respeitar sua empresa e sua filosofia. Aqui, chamaremos de Escola. Quem vive nesse ambiente com crianças pequenas sabe das responsabilidades que lhe são apresentadas por meio de formação, atitudes, atribuições, criação de projetos, conhecimentos de informativos, documentos, normas etc. Mas pessoas que trabalham em escolas infantis precisam apresentar um perfil diferenciado para viralizar suas atitudes entre os envolvidos na educação escolar dessa faixa etária. Paciência, conhecimento do desenvolvimento infantil, facilidade para se relacionar, organização, agilidade de uma águia e afeto são a alma da escola. Neste texto, portanto, proponho uma reflexão sobre gestão escolar.

Uma gestão eficaz deve ser planejada. Gerir pessoas em diversos setores requer determinação, competência, foco, flexibilidade e jogo de cintura. Ao iniciar o ano letivo de forma presencial, precisaremos nos programar para que a doença/Covid não se propague dentro da escola. Os ambientes estão sendo preparados para serem utilizados com as experiências infantis. Elaborar os Checklists por setores é uma ferramenta que auxilia os educadores a esclarecerem aos pais os motivos que levam as instituições infantis a seguirem à risca os protocolos e as orientações para o início do ano. Esses documentos serão afixados em locais visíveis, incluindo o mural de “Gestão à Vista”, para que todos os envolvidos na gestão escolar não se esqueçam da importância desses procedimentos.

Com a pandemia, mais processos foram elaborados. Famílias e profissionais precisam reler o protocolo de sua escola e ficar atentos(as) à higienização e às ações a serem cumpridas.  A gestão será nossa. Cada um fará sua parte.  Profissionais da escola higienizando espaços internos e externos, enquanto pais, educadores e crianças efetivam as condutas de acordo com os protocolos, até que volte tudo ao novo normal.

Informações com antecedência às famílias de como as crianças serão organizadas para  que fiquem seguras: mapeamento das salas, das turmas, dos professoras, auxiliares e estagiárias de sala e um plano de ação em relação aos horários de lanche (cuidados especiais com crianças alérgicas), atividades com professores regentes e especializados e ambientes que serão utilizados para as experiências infantis.

O processo de adaptação com atendimento individual e on-line fará toda a diferença.  O horário de escalonamento será utilizado para a entrada e saída, seguindo as cores das bolhas (grupos do ecossistema) ou distanciamento, de acordo com o segmento de cada turma.

Nesse primeiro momento, vamos estar atentos à escuta e à assistência aos pequenos. O diálogo é o meio para entender os sentimentos infantis. Profissionais do setor de psicologia darão o suporte nesse momento.  Recomeçar sem medo! A saudade da escola é grande demais! Mudanças serão necessárias para a segurança de todos.

Hoje é só uma pitada sobre o assunto. Em breve, novas dicas serão apresentadas! Até!

Maria Claret Lamounier Elias
Diretora Pedagógica da Escola Bilboquê